Loja virtual

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Vinho Bom Vs. Vinho de Qualidade

Esse vinho é bom?

Essa é a pergunta mais frequente feita aos profissionais do vinho em lojas e restaurantes. É também uma saia bastante justa.

Vinho bom é o vinho que você gosta, simples assim. Como o gosto é pessoal e intransferível essa é a única resposta possível.
Não é a resposta que está errada, mas a pergunta!

Não deveríamos perguntar se o vinho é bom, mas se ele tem qualidade. Se por um lado o gosto é pessoal, a qualidade de um vinho se baseia em alguns pilares possíveis de serem medidos.

O Equilíbrio é um desses pilares. Não importa se o vinho custou 10 ou 1000 reais, ele precisa ser equilibrado. Acidez, álcool e taninos precisam estar em sintonia fina. Nenhum deve se sobressair ao outro.

Os Aromas do vinho devem ser agradáveis, ainda que sintamos antipatia por alguns deles. Um vinho não deve cheirar a enxofre, acetona ou mofo. Esses são defeitos relativamente comuns e que diminuem drasticamente a qualidade do vinho.

O vinho não deve ser manipulado ao extremo.

Desde que o vinho existe o homem interferiu em seu processo de fabricação. Do contrário ainda estaríamos bebendo vinho misturado à água do mar para torná-lo palatável (você pode imaginar o sabor).

Interferências são necessárias, mas quando elas ultrapassam os limites do bom senso e visam somente o lucro, transformam o vinho de uma bela e rica cultura em algo bem próximo à indústria fast food. E sabemos bem qual a qualidade de um fast food...

Então, antes de perguntar se o vinho é bom, passemos a fazer a pergunta correta:


Esse vinho é de qualidade?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...