Loja virtual

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Comida Vegetariana e Vinho Combinam?

Por Gilmara Vesolli - sommelière e Gastróloga

Nem só de carne viverá o Homem, mas de todo legume, verdura e fruta.

A cozinha vegetariana evoluiu, e muito! A maior aderência ao estilo de vida contribuiu significativamente nesse processo. Quem pensa que ser vegetariano é viver de alface a água está muitos anos atrasado. 
Os restaurantes especializados surgiram aos montes, bem como sites e blogs de receitas e dicas.

O estilo da comida vegetariana atraiu também aqueles que vez ou outra comem carne (afinal de contas o vegetarianismo exige algum tempo para ser implementado em nossas mentes carnívoras) como forma de manter-se saudável, magro, ter energia e/ou baixar o consumo de fontes animais pelas mais diversas razões.

Junte a troca rápida de informações, mais feiras, restaurantes e comércios de alimentos vegetarianos/veganos/naturais/orgânicos e um público ávidos por fazer/comer e o resultado só pode ser um: comida deliciosa!

Mas e os vegetarianos amantes do vinho? Ficarão privados de uma bela harmonização? 
Aparentemente comida vegetariana e vinho não tem nada a ver. É o que sugerem indicações de harmonização nos rótulos, por exemplo, que invariavelmente trazem "carne" em primeiro lugar.

Vegetais são mero acompanhamento na maioria das sugestões e quando tomam o papel principal tendem a deixar a harmonização um pouquinho mais difícil. Mas nada disso impede que possamos beber um delicioso vinho perfeitamente harmonizado!

Na hora de escolher pense no método de cocção. Seus vegetais foram grelhados, cozidos, assados? Qual o sabor predominante? Como é a estrutura desse prato?
Aí então você pode escolher um vinho que esteja de acordo com essas respostas.

De maneira geral vegetais crus como tomate, cenoura, pepino, etc, harmonizarão melhor com espumantes mais ácidos, secos e brancos. Bem como elementos difíceis: quiabo, jiló, alcaparras, pimenta, alcachofra.

Vinhos tintos frutados podem harmonizar com cozidos que tenham maior estrutura como sopas de vegetais diversos. Vinhos mais encorpados, europeus e envelhecidos podem fazer uma bela companhia para mix de cogumelos grelhados, churrasco de vegetais ou hambúrgueres de feijão.

Brancos encorpados ficam deliciosos com uma multiplicidade de vegetais, desde grão de bico, até soja, triguinho (para kibe), grãos de trigo, etc.

Brancos leves e ácidos também são uma boa opção para pratos de brotos.

Para comprovar, segue uma deliciosa receita harmonizada para que você nunca mais deixe de beber vinho por causa da comida. O link leva até um site incrível de deixar qualquer vegetariano inspirado, o Papacapim. Clique AQUI.

E abaixo, o nosso vinho para harmonizar (e nosso site, de deixar qualquer apaixonado por vinhos pra lá de inspirado!):


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...